Feeds:
Artigos
Comentários

Agradecimentos

Sem Título

Prezado Professor Doutor Rui Costa Pinto,

Infelizmente,nesse dia já estou em dois lançamentos!

Mas,gostaria muito de ler e divulgar a sua obra. 

Com os gratos e muito cordiais cumprimentos,

 Marcelo Rebelo de Sousa

Agradecemos ao Dr Nuno Rogeiro

“Na altura dos nossos piores, temos de lembrar os nossos melhores.

Com ciência certa, coragem face à parcidade de meios, visão e patriotismo, este homem (com Sacadura Cabral) corresponde aos Descobridores de Quinhentos, e à sua saga.
Atravessar o Atlântico numa casca de noz – aérea – não é para todos.”

Livro

«[Esta obra] parece-me do maior interesse para o conhecimento da história portuguesa, não só no que diz respeito às importantes questões da náutica e dos descobrimentos, mas também ao sentido dessa historiografia e à importância do seu autor no quadro do século XX português.

Na verdade, Gago Coutinho foi considerado uma “figura nacional” não só pela sua ciência náutica e pela sua historiografia das descobertas marítimas, mas também pela sua significativa acção no domínio da aeronáutica, devido à sua viagem, com Sacadura Cabral, de Lisboa ao Rio de Janeiro, em 1922, ano das comemorações da independência do Brasil.»

Luís Reis Torgal

Professor Catedrático de História da Faculdade

de Letras da Universidade de Coimbra

- – -

«Esta obra mostra-nos essas facetas menos conhecidas de Gago Coutinho. O autor consultou imensa documentação existente em diversos arquivos de instituições às quais Coutinho esteve ligado ao longo da sua vida. Analisou relatórios, correspondência, recortes de jornais e tudo aquilo que pudesse contribuir para se perceber melhor quem era este Homem que tanta fama adquiriu, mesmo a nível internacional, mas que se manteve sempre querido junto do Povo.»

Comandante António Costa Canas

Director do Museu da Marinha

In «Prefácio»

«Viajei de mochila na Zambézia; atravessei a pé as estradas de areia solta de Marracuene e as de além Cuanza; subi aos altos de Timor e da Angónia como ao Pico de S. Tomé, ouvindo nas sua origem estalar as trovoadas, como ouvi ao longe troar a grande catarata de Ielala, e trombetear os elefantes no banho, e rugir o leão satisfeito, depois de cear. Por entre as ilhas de Cabo Verde naveguei à vela, a vapor e de avião. Também naveguei a vapor, a remos à vela nas duas costas de África, e nos rios Zaire e Zambeze. Deste rio lhe percorri as misteriosas gargantas de Kahoura-Bassa e, até, na sua nascente, de um passo o emboquei. Assisti a festas religiosas na India. Viajei no vapor de Macau para Hong-Kong.

Vi os complicados canais e rios da Guiné, voando a bordo do maior avião do mundo. Vi saltear povoações e eleger régulos em Timor;

Vivendo assim, sempre em viagens à aventura.

Adeus, pois, talvez para sempre, areias do Zambeze, onde os lagartos se coram ao sol, como mulheres loiras nas praias dos Lidos. Adeus montes e corais de Moçambique, adeus monções.

Enfim, grato mato da África, o mais provável é que não nos tornemos a ver. Adeus, pois, para sempre, cargas e carregadores. Adeus pretos que me levastes a água ao alto dos montes, com a mesma fidelidade com que lá ficáveis isolados, a apontar-me os heliógrafos. Adeus África Oriental, adeus pangaios que tanto me sugeristes as caravelas. Adeus ares e mares do Oceano Índico, que tão alegremente me queimaram a mocidade.» (Gago Coutinho)

 

Rui Miguel da Costa Pinto nascido em 1962 é Professor e Formador de Professores. Licenciou-se em História (Variante em História da Arte) pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1986 e fez o curso de mestrado em História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a Dis­sertação “Sobre a presença dos portugueses na Costa Oriental Africana (1640-1668)”em 1994.

Fez a sua Tese de Doutoramento intitulada «Gago Coutinho (1869-1959), geógrafo e historiador. Uma biografia científica» na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 2012.

Publicou livros e dezenas de artigos científicos em revistas nacionais e estrangeiras e organizou e colaborou em variados colóquios nacionais e internacionais, cujas conferências estão publicadas nas respectivas actas.

É Presidente da Secção de História da Sociedade de Geografia de Lisboa, membro efetivo da Classe de História Marítima da Academia da Marinha,  investigador integrado do Centro de História da Universidade de Lisboa, investigador colaborador do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa, investigador colaborador do Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa, membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, membro da Associação dos Arqueólogos Portugueses e do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão.

- – -

Informações:

eranos@eranosmultimedia.pt

Telefone 963 925 758

Penedos

Digitalizar0013

Convite

Convite_Gago_Coutinho

Newsletter

IMG_2830

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 477 outros seguidores